sábado, 2 de fevereiro de 2013

A Para-quedista Do Amor

Alerta, alerta, alerta!
Estou em estado delta
A minha alma está descoberta!
Vem a mim, ó Anja Celta!

O meu coração foi invadido
E a tragédia tomou conta de mim
Fui derrotado, estou cativo!
Salva-me deste flagelo sem fim!

Infiltra-te no céu das minhas retinas
E abate-me esta loucura carnal
Eu imploro-te, ó minha menina!
Socorro! eu estou mesmo mal!

Ó Para-quedista de brio e valor
Que por ti o meu corpo chama
Traz-me a paz com o teu amor!
E cai em queda livre, na minha cama!

Blackiezato Ravenspawn

Sem comentários:

Enviar um comentário