quinta-feira, 23 de março de 2017

Genghis Lupus

Nós somos carnívoros
Não comemos vegetais
Como fazem os herbívoros
E o resto desses animais

Nós cercamos a nossa presa
Antes da mesma sequer notar
Somos o predador da natureza
Que ensinou Temuchin a caçar

Genghis Lupus!
Vade, Venari!
- Auuuuu, auuuuu!
Vade, Venari!

Nós comemos as vossas ovelhas
Nós esventramos os vossos cães
E coleccionamos as orelhas
Porque não fazemos reféns

Nós só aceitamos os melhores
Na nossa alcateia não há fracos
Só os maiores matadores
Que existem pelo mato

Genghis Lupus!
Vade, Venari!
- Auuuuu, auuuuu!
Vade, Venari!

Estás a ouvir? Estás a sentir?
O medo crescer? Tu a tremer?
Podes insistir bem em fugir
Mas, juro que não te vais esconder

Nós aguardaremos pela noite
Até logo, boa sorte
Pois, pelo reflexo da tua foice
Eu vejo já a tua morte

Genghis Lupus!
Vade, Venari!
- Auuuuu, auuuuu!
Vade, Venari!

Tu não passas d'um aldeão
D'um Homem com uma espingarda
Nós não receamos a tua mão
Nem o feitio da tua barba

O nosso instinto se atiça
Com o cheiro dos cobardes
E Tu não és uma hortaliça
Tu! És caça! Tu és carne!

Genghis Lupus!
Vade, Venari!
- Auuuuu, auuuuu!
Vade, Venari!

Blackiezato Ravenspawn